No mesmo jeito… [Português]

Hoje não consego fazer que os meus pensamentos sejam em outra lingua mais, só em português [Pido disculpas a quien no pueda leerlo porque no lo entiende]

Então, o que é que eu posso dizer? Tenho dias no que eu só quisera poder correr longe, e ficar nesse lugar onde só possa ser eu. Mesmo se podería ser difícil, não tem nada, é só esse desejo de fazer algo novo, o só de fazer o que acho que devería. Desejo não ter essa cadeia idiota que me tem aqui, ter terminado tudo e poder ser a pessoa que eu sonho. Para muitas pessoas, meus sonhos são simples bobagem, e as vezes, eu posso pensar que com certeza são.

Não elegi ser advogada nem doutora, nem engenheira… só quero me dedicar a vida toda às letras. Quando falo letras, quero dizer à filologia, a linguistica, literatura, a tradução. Essas são as coisas que me apaixionan, mas, quando falo com as pessoas dicam doidas e sempre fazem a mesma pergunta: MAS DE QUE VOCÊ VAI TRABALHAR ESTUDANDO SÓ ISSO? essa pergunta me frustra, me deixa sem saber como agir e me faz temer. Me frustra, porque eu sei que sou a melhor nisso que faço, porque é o que amo. Me deixa sem saber como agir, porque penso que já as pessoas estão pensando que eu não sou normal. Me faz temer, porque posso assumir algumas veces, que eles tem ração.

Não sei se o meu medo é comprensível mas ainda, está aí, sempre comigo. Não quero fracasar, não desejo ter que admitir que cometi um erro, só por querer ser como sou.

Published with Blogger-droid v1.7.4